Ações para ter atenção plena

Ações para ter atenção plena

De acordo com o psicólogo Elisha Goldstein há 7 ações que pessoas com Atenção Plena fazem diferente todos os dias.

Fonte: (ttps://blogs.psychcentral.com/mindfulness/2014/05/7-things-mindful-people-do-differently-every-day-and-how-to-begin-now/)

Veja como começar:

1 – Pratique Ser Curioso

“A novidade é uma das rotas mais rápidas para criar novas conexões neurais’’; assim, o novo traz curiosidade. Pode-se fazer isto saindo do modo automático, como por exemplo, fazendo uma pausa nas refeições e refletindo como a comida contém tudo, a terra, o vento, a chuva e o sol. Vendo dessa maneira este ato torna-se uma fonte de gratidão e reconhecimento da interconexão de todas as coisas.


2- Perdoe-se

“Praticar o consciente é algo com muitos obstáculos, no qual há momentos que ficamos cansados demais ou nos sentimos muito ocupados’’. Mas pode-se usar como oportunidade para se compreender 2 coisas:

1) O que precisamos nesses momentos, e
2) O caminho mais rápido para começar de novo.

A proposta é então “perdoar e convidar”: quando temos um obstáculo, devemos nos perdoar pelo tempo que passou, investigar o obstáculo para aprender com ele, e depois convidar a nós mesmos para recomeçar.


3- Mantenha suas emoções com leveza

Quando damos a devida atenção as nossas emoções, compreendemos que elas têm a natureza que ir e vir, isso nos permite não ficar tão envolvidos com os sentimentos difíceis, aprender com eles à medida que melhoramos e compreender o que precisamos. Assim, pode-se ser grato pelos bons momentos e até durante os mais difíceis.


4- Pratique Compaixão

Praticar a autocompaixão é desenvolver a capacidade de que vale a pena nos preocuparmos conosco, porém de uma maneira cuidadosa, percebendo as nossas necessidades (ou as dos outros), permitindo ajudar, e ganhar conexão consigo mesmo.


5- Faça a paz com a imperfeição

O autojulgamento contínuo é uma maneira de se maltratar. Quando se pratica o entendimento que a imperfeição é comum a todos seres humanos, paramos de lutar. “Estar em harmonia com a totalidade das coisas é não ter ansiedade sobre nossas imperfeições”.


6- Abrace a Vulnerabilidade

Quem pratica a atenção plena sabe que a vulnerabilidade é a porta para se desenvolver coragem, confiança e conexão. Quando estamos vulneráveis temos a chance de começar a confiar em nós mesmos, cultiva ruma conexão que nos permite sentir seguros e felizes.


7- Entenda que todas as coisas vêm e vão

Nada é permanente e todos os momentos são passageiros. Percebendo a vida como preciosa, começamos a ignorar nossos telefones com mais frequência e abrir nossos olhos para os momentos sagrados ao nosso redor aprendendo a saborear a vida.

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *