Carboidratos e doces podem elevar o pico de insulina no corpo?

Carboidratos e doces podem elevar o pico de insulina no corpo?

O hormônio que armazena o açúcar é a insulina. A concentração dele no sangue é proporcional à concentração de açúcar. Que é proporcional à quantidade de carboidratos e açúcar ingeridos.

A insulina está presente na vida de todos nós, diariamente, sendo mais liberada ou menos em nosso organismo. Dependendo do tipo de alimentação que escolhemos. Ela corresponde a um hormônio secretado pelo pâncreas.

A insulina é responsável pela quebra da glicose, fracionando-a e levando-a em forma de energia aos tecidos, aos músculos, ao sangue, etc. Os alimentos impregnados de açúcar como doces e carboidratos, dificultam o trabalho da deste hormônio.

Insulina e Diabetes, qual a relação?

Nos diabéticos, muito açúcar fica presente na corrente sanguínea e é preciso tomar medicamentos para fazer o corpo absorver esse açúcar.

Para os não diabéticos, o corpo resolve o problema da enxurrada de açúcar através de picos de insulina que é um indicador que nos mostrará a velocidade com que o açúcar ingerido, através dos alimentos, chegou à corrente sanguínea.

É importante conhecer o índice glicêmico dos alimentos, para evitar os picos de insulina, manter-se na dieta ou praticar esportes.

Quando estivermos passando por uma dieta para redução de peso, deveremos procurar alimentos com baixo índice glicêmico.

Um exemplo de alimento com baixo índice de glicose é uma salada de folhas ou uma aveia em cima da fruta que podem alterar bastante o índice glicêmico da sua refeição. Isso porque esses alimentos são ricos em fibras e pobres em carboidratos. Durante a digestão, as fibras dele também retardam a absorção dos outros carboidratos em seu prato.

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *