Saiba mais sobre o Kefir, um superalimento

Saiba mais sobre o Kefir, um superalimento

O Kefir é um probiótico produzido através da fermentação do leite, com aspecto semelhante ao Iogurte. Ele é obtido através da fermentação de micro-organismos bons para a saúde que agem como antibióticos naturais, matando bactérias ruins e aumentando as boas. O aspecto mais interessante deste alimento é que ele não é vendido, mas sim compartilhado. Existem inúmeros grupos no Facebooks dedicados à doação do Kefir. Ao cultivá-lo em um ambiente propício e adequado, ele se prolifera, fermenta e atinge a composição ideal para consumo, sem ter um fim.

Existem dois tipos de Kefir: O Kefir de água e o de leite. O Kefir de água é mais barato ese alimenta de água mineral ou água de coco com açúcar mascavo ou açúcar demerara. O Kefir de leite precisa de leite pasteurizado (integral, semi-desnatado ou desnatado), leite de coco ou leite de castanhas. Mas afinal, quais as vantagens do Kefir?

Nosso intestino é chamado de segundo cérebro, pois ele é um dos órgãos mais importantes do corpo humano. É nele que são produzidas as células do sistema imunológico. Ele é habitado por bactérias boas e ruins. Quando há desequilíbrio e o número de bactérias ruins é maior que a boa, a saúde sofre. O Kefir previne a diabetes, controla o colesterol, aumenta a resistência à infecções, restabelece e equilibra a flora intestinal, diminui o risco de cancro (principalmente de cólon). O Kefir sintetiza ácido láctico, diminuindo a intolerância à lactose e favorecendo a digestão do leite mesmo para pessoas que sejam sensíveis ao leite.

Como cultivar seu Kefir

Separe utensílios específicos para manipular o Kefir: peneira, colher, copo e vidro para guardá-lo. (para diminuir os riscos de contaminação na sua casa).

-1 colher (sopa) de Kefir

-1 pote de vidro esterilizado

-250 ml de leite pasteurizado (integral, semi-desnatado ou desnatado)

-1 peneira

-1 colher (plástico, inox ou silicone)

Como fazer:

Pegue 1 colher (sopa) de Kefir e coloque no pote de vidro esterilizado e complete com 250 ml de leite. Cubra a boca do pote com papel toalha ou tecido tipo telinha, feche com um elástico. Deixe fermentar por 12 a 24 horas a +/- 25 ºC… Em dias mais frios deixe o pote dentro de um armário, mas nos dias mais quentes deixe na geladeira.

Depois do tempo de fermentação, coe o Kefir.

Nas duas primeiras vezes que você coar, despreze o iogurte (o líquido que se formar) pois a colônia ainda está se auto limpando. Volte os grãos da peneira para o pote limpo e esterilizado e complete com mais 250 ml de leite. Tampe com papel toalha e feche com o elástico. Deixe fermentando por mais 12 a 24 horas. Na terceira vez que fizer isso, você já pode consumir o iogurte, que pode ficar na geladeira por até 7 dias.

Depois é só consumir o iogurte e colocar o Kefir para crescer com mais leite. Lembrando que o Kefir se alimenta de leite, portanto não funciona com o leite sem lactose. Para o Kefir de água é só seguir os mesmos passos mas substituindo o leite por água de coco ou água com açúcar mascavo ou demerara.

Se não forem tomados os cuidados necessários, o Kefir pode estragar. Sua aparência muda, os grãos ficam mais quebradiços, menores e com aspecto de areia, e a bebida fica com um acentuado sabor de vinagre. Uma vez que estragados, os grãos do Kefir não voltam atrás, são precisos novos grãos.

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *